Traído pelos nervos, Cilic vai aos prantos durante a partida

  por    0   0

Marin Cilic (CRO) chora durante o duelo com o suíço Roger Federer

Londres/Inglaterra – Todo tenista sabe o que sente antes de uma partida decisiva, imaginem se esta decisão é no templo do tênis, e o seu adversário é simplesmente Roger Federer, maior ganhador de eventos de Grand Slam, recordista em inúmeras pesquisas, querido do público não importa aonde esteja, a quem você enfrentará na quadra central de Wimbledon.

Todas estas alternativas devem ter passado na cabeça de Cilic, desde que o suíço garantiu vaga na decisão. Depois da euforia da classificação, o croata teve que responder a inúmeras perguntas de jornalistas, fãs, mas com certeza a maior das cobranças estavam justamente na sua cabeça.

A emoção, a euforia de uma vitória e o medo de uma derrota, são as companheiras de um atleta na noite que antecede uma decisão. Um bom competidor, consegue capitalizar todos estes sentimentos a seu favor, mesmo com dúvidas, ele testa a sua capacidade na hora que o arbitro diz: Time!

Mas não podemos esquecer que dentro de cada atleta, existe um Ser humano, com medos, receios, duvidas, e porque não dizer problemas a resolver.

Traído pelos nervos, o croata Marin Cilic chorou copiosamente logo no início do segundo set, no duelo com o suíço Roger Federer na decisão de Wimbledon.

Toda a equipe do croata, depois os presentes no estádio que viram a cena nos telões, e os telespectadores do mundo que estava ligados no jogo, viram a cena. Cilic solicitou ajuda do fisioterapeuta, na primeira, ouviu que o assunto não tinha como ser resolvido, já que estava com um problema de ordem emocional. Ele continuou na partida, e no intervalo, solicitou novamente ajuda, desta vez, para uma dor física que o incomodava, foi feito um curativo no pé, ele voltou a quadra.

O ex-tenista Boris Becker, que está comentando o jogo para um rede de televisão, descreveu o que o croata sentia naquele momento:  “É isto que esta quadra (a central) faz a você. Não há lugar para se esconder. Todos no mundo e na Croácia estão vendo-o e ele sabe disso. “Eu espero que ele se recupere disso”.

Luiz Fernandes


Publicações Relacionadas

Melo e Kubot jogam contra Harrison e Venus neste sábado nas semifinais do Finals

O mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot entram na quadra neste sábado (18) pelas semifinais do ATP Finals. Em partida marcada para as 10h (horário de Brasília), na O2 Arena, os cabeças de chave número 1 do torneio terão pela frente o norte-americano Ryan Harrison e o neozelandês Michael Venus – cabeças 8 […]

LEIA MAIS →

Classificado para a semi do Finals, Marcelo Melo enfrenta Bruno Soares em Londres

Os dois melhores duplistas brasileiros vão se encontrar pela quinta vez este ano, nesta sexta-feira (17), com três vitórias de Marcelo até agora

LEIA MAIS →

Federer vence Cilic de virada e termina invicto fase de grupos do ATP Finals

Roger Federer (SUI) Julian Finney/Getty Images/AFP Londres/Inglaterra – O suíço Roger Federer, 2º do mundo, teve trabalho nos dois primeiros sets do confronto com o croata Marin Cilic, valido pela última rodada do grupo Boris Becker do ATP Finals.

LEIA MAIS →

Dimitrov arrasa Goffin e garante vaga na semifinal em Londres

Londres/Inglaterra – O búlgaro Grigor Dimitrov não tomou conhecimento nesta quarta-feira de seu adversário, o belga David Goffin e de forma inapelável, arrasou o rival e já garantiu sua vaga na semifinal do ATP Finals.

LEIA MAIS →

Bruno Soares e Jamie Murray vencem no ATP Finals e seguem vivos em Londres

Brasileiro e britânico precisam vencer para avançar à semifinal Bruno Soares e Jamie Murray fizeram uma partida impecável nesta quarta-feira no ATP Finals, em Londres. Eles arrasaram o croata Ivan Dodig e o espanhol Marcel Granollers por duplo 6/1 e agora precisam vencer Marcelo Melo e Lukasz Kubot, para avançarem à semifinal da competição.

LEIA MAIS →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo